16/01/2013 15h23 – Atualizado em 16/01/2013 15h23

Da Redação

No dia 16/1, uma guarnição da cidade de Nioaque, quando realizava policiamento de rotina, foi abordada por uma mulher informando que sua filha menor de idade, havia saído de casa dizendo que iria ao parque de diversões e devido ao adiantar da hora, teria ficado preocupada, pois a garota não havia retornado.

De imediato a guarnição iniciou as buscas, juntamente com genitora e a avó da menina, tendo recebido informações mais tarde sobre o paradeiro, através de uma colega que se encontrava com ela.

No local indicado, a garota foi localizada e apresentava as roupas e os cabelos desarrumados, tendo ela informado sobre o fato ocorrido. De posse das informações a guarnição se deslocou até a residência do suspeito de ter cometido estupro e ao ser inquirido sobre o crime, ele confirmou que manteve relações sexuais com a garota e que não havia usado nenhum método contraceptivo.

Configurado o crime de estupro de vulnerável, foi dada voz de prisão ao autor, que após ter preservado seus direitos constitucionais, foi encaminhado a Delegacia de Policia Civil.

(*) Com informações de Assecom PM MS

Comentários