09/09/2014 08h45 – Atualizado em 09/09/2014 08h45

A madeira dessa espécie protegida por lei era transportada sem Documento de Origem Florestal (DOF)

Da Redação

Policiais Militares Ambientais de Miranda (MS) realizavam fiscalização ontem à noite em uma estrada vicinal, na região conhecida como “Sete Placas”, no município e apreenderam uma carga de aroeira ilegal. A madeira dessa espécie protegida por lei era transportada em um veículo Chevrolet D 40, sem Documento de Origem Florestal (DOF), que é o documento para o transporte e armazenamento de qualquer produto vegetal. Foram apreendidos o veículo, 100 lascas (estacas) e seis firmes de aroeira.

O proprietário da madeira afirmou que levaria o material para a região do “Copo Sujo”. O infrator, de 47 anos, residente em Miranda foi multado em R$ 702,00. Ele também foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Miranda, juntamente com o material apreendido e responderá por crime ambiental. Poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão, se condenado.

A portaria 83N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

(*) Com informações de Assecom PMA MS

O infrator, de 47 anos, residente em Miranda foi multado em R$ 702,00 (Foto: Divulgação/PMA MS)

Foram apreendidos o veículo, 100 lascas (estacas) e seis firmes de aroeira (Foto: Divulgação/PMA MS)

Comentários