19/10/2013 08h02 – Atualizado em 19/10/2013 08h02

PMA apreende 14 redes, 4 espinheis e 259 anzóis de galho no rio Ivinhema

Foram soltos no rio, diversos peixes que estavam vivos presos às redes e aos anzóis. Os proprietários dos petrechos ilegais não foram identificados

Da Redação

A PMA tem reforçado a fiscalização nos rios do Estado, com a proximidade do fechamento da pesca e ontem Policiais Militares Ambientais de Batayporã (MS) realizaram fiscalização no rio Ivinhema, entre a Ponte da Rodovia MS 276 à foz do rio Guiray e retiraram do rio 14 redes de redes de pesca, medindo 0,5 km, quatro espinheis, com 45 anzóis, além de 259 anzóis de galho (petrechos proibidos para a pesca). Foram soltos no rio, diversos peixes que estavam vivos presos às redes e aos anzóis. Os proprietários dos petrechos ilegais não foram identificados.

Esta quantidade de redes, espinhel e anzóis de galho tem alto poder de captura, pois cerca grandes trechos do rio por onde passam os cardumes. Este tipo de fiscalização é fundamental. A retirada desta quantidade de redes e demais petrechos ilegais do rio impede a degradação dos cardumes.

(*)Com informações de Assecom PMA

A retirada desta quantidade de redes e demais petrechos ilegais do rio impede a degradação dos cardumes (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários