01/12/2014 09h16 – Atualizado em 01/12/2014 09h16

Assessoria de Comunicação – PMA

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia (MS) autuaram hoje pela manhã um comerciante que vendia palmitos in natura sem autorização ambiental (DOF – Documento de Origem Florestal), que é o documento legal para comércio, ter em depósito ou transportar qualquer produto florestal. O produto era comercializado na feira do produtor da cidade.

Foram apreendidos 497 kg de palmito. O comerciante, de 55 anos, residente em Cassilândia recebeu multa administrativa de R$ 21.900,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de sies meses a um ano de detenção.

O palmito foi doado para a APAE, Lar dos Idosos e Assistência Social São Francisco de Assis, Lar da Criança e do Adolescente Prudenciana Cândido Vilela e Casa de Recuperação Nova Vida em Cassilândia.

Foram apreendidos 497 kg de palmito. (Foto: Assessoria de Comunicação)

Comentários