29/04/2016 09h13 – Atualizado em 29/04/2016 09h13

Durante fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município de Jaraguari, Policiais Militares Ambientais de Campo Grande autuaram ontem (28) no final da tarde, o proprietário de uma chácara por crime ambiental de extração de madeira da área protegida de reserva legal

Assessoria

Durante fiscalização ambiental nas propriedades rurais do município de Jaraguari, Policiais Militares Ambientais de Campo Grande autuaram ontem (28) no final da tarde, o proprietário de uma chácara por crime ambiental de extração de madeira da área protegida de reserva legal. O infrator, derrubava árvores, dentro da Reserva Legal da propriedade para exploração da madeira sem autorização do órgão ambiental.

A madeira explorada, que era transformada em vigas e postes para cerca não possuía documentação. Foram apreendidos 392 postes para cerca, 15 vigas e três pranchas serradas, perfazendo 8 m³. As atividades foram paralisadas. O infrator, residente no centro de Jaraguari, responderá por crime ambiental de exploração de madeira ilegalmente. A pena é de seis meses a um ano de detenção.

O infrator também foi multado administrativamente em R$ 5.000,00 pela infrações ambiental.

(*) Assessoria de Comunicação da Polícia Militar Ambiental – PMMS

PMA autua dono de chácara em R$ 5 mil por exploração de madeira na área protegida de reserva legal. (Foto: Assessoria)

Comentários