05/11/2013 10h08 – Atualizado em 05/11/2013 10h08

PMA prende torneiro mecânico com 17 kg de pescado ilegal e já é o 4º preso em Costa Rica em três dias

O pescador, residente em Costa Rica, afirmou ter capturado o pescado no rio Taquari, na região das Palmeiras, no município de Coxim (MS)

Da Redação

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica (MS), que trabalham na operação “Pré-piracema” prenderam ontem à tarde um torneiro mecânico por pesca e transporte de produto da pesca predatória. A PMA abordou na rodovia MS 359, um veículo Fiat Strada conduzido pescador, de 25 anos e encontrou 14 exemplares de peixes da espécie pacu, pesando 17 kg, sendo vários exemplares fora da medida permitida.

O pescador, residente em Costa Rica, afirmou ter capturado o pescado no rio Taquari, na região das Palmeiras, no município de Coxim (MS) e estaria levando para sua residência. Além de peixe fora da medida, o pescado estava acima da cota permitida pela legislação, que é de 10 kg mais um exemplar e cinco piranhas por pescador. O infrator foi multado administrativamente em R$ 1.040,00.

A PMA apreendeu o veículo e o pescado ilegal. O pescador recebeu voz de prisão e foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, onde ele foi autuado em flagrante por pesca e transporte de produto da pesca predatória e saiu depois de pagar fiança. A pena para este crime é de um a três anos prisão. O pescado será doado a instituições filantrópicas depois de periciado.

Este é o quarto pescador preso por policiais militares ambientais de Costa Rica durante a operação Pré-piracema.

(*) Com informações de Assecom PMA

Além de peixe fora da medida, o pescado estava acima da cota permitida pela legislação, que é de 10 kg mais um exemplar e cinco piranhas por pescador (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários