02/10/2015 10h44 – Atualizado em 02/10/2015 10h44

Se for condenado o pescador, poderá pegar pena de um a três anos de detenção

Assessoria

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu prenderam na madrugada de hoje (02), no rio Paraná, no lago da Usina Sérgio Motta, um pescador amador por pesca predatória. O infrator foi avistado em uma embarcação no rio, pescando com uso de arpão (petrecho proibido) e luz artificial. O pescador, de 26 anos, já havia capturado 5 kg de pescado. O pescado e os petrechos foram apreendidos, além do barco e o motor de popa.

O infrator, residente em Bataguassu, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, juntamente com o material apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. A PMA também autuou administrativamente o infrator e arbitrou multa de R$ 800,00. Os peixes apreendidos serão doados para instituições filantrópicas depois de periciados.

(*) Assessoria de Comunicação da Polícia Militar Ambiental – PMMS

A PMA  multou o pescador administrativamente em R$ 800,00. (Foto: Assessoria)

Comentários