Depois ameaçarem vítima, dois sujeitos (dentre eles um menor de idade) levaram mochila com documentos e aparelho celular; o adolescente infrator também teria sido responsável por disparos de arma de fogo na Vila Piloto no começo do mês.

A Polícia civil de Três Lagoas prendeu dois homens que confessaram ameaçar e roubar um jovem na segunda-feira, 16.

Segundo relatos, a vítima estava de bicicleta na avenida Jari Mercante, próximo a um condomínio residencial, quando os dois se aproximaram a bordo de um Gol.

Os homens jogaram o carro em cima do ciclista, que caiu no chão. Quando a vítima se levantava, o motorista o abordou sob ameaça de morte, mas não mostrou arma. Ele obrigou a vítima a entregar a mochila que continha carteira com documentos pessoais, R$120 em dinheiro, aparelho celular e o que mais tivesse.

A partir de imagens de câmeras de segurança e investigação, os policiais identificaram os autores do roubo: um adolescente de 17 anos, já conhecido nos meios policiais e com diversas passagens pela polícia, e que era o motorista do carro, e outro homem de 19 anos, também conhecido nos meios policiais.

Os suspeitos foram localizados na manhã de ontem, no bairro Vila Piloto e conduzidos até sede do SIG. O Gol utilizado no crime também foi apreendido.

A mochila e alguns pertences da vítima foram recuperados em poder do adolescente, que confessou a prática do crime. Ele alegou que pegou o veículo emprestado de um usuário de crack.

Já o suspeito maior de idade negou a participação no crime e ambos foram ouvidos e liberados, já que a prisão não foi em flagrante.

Além disso, os policiais apuraram que o adolescente foi autor de disparos de arma de fogo ocorrida na Vila Piloto no dia 10 deste mês. De acordo com boletim de ocorrência, ele estaria com um Fiat Palio e teria efetuado disparos em plena via pública. Depois teria abandonado o veículo, onde foram apreendidas capsula de arma de fogo calibre 22.

Os policiais ligaram o adolescente ao crime de disparo de arma de fogo depois de encontrar em posse dele as chames do Palio, do qual ele afirmou ser dono. Ele alegou que estava fazendo uso de uma arma de brinquedo, que não foi localizada.

Comentários