06/07/2017 14h28

Geração de empregos e superação da crise econômica reflete no município vizinho de Três Lagoas

Thais Dias

Assim como Três Lagoas, Brasilândia está ansiosa pela retomada das obras da construção da UFN3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados), depois da Petrobrás confirmou parceria com a Corporação Nacional de Petróleo da China (CNPC), na última terça-feira (4).

O pacto entre as duas empresas sinaliza uma possível retomada das obras em Três Lagoas, que estão paradas desde 2014 e que já estão 80% concluídas.

Publicamente, a Petrobras ainda não confirmou a continuidade de nenhuma de suas obras que se encontram paradas, mas caso retomadas, as obras devem gerar cerca de 5 mil empregos diretos. Informação que anima a administração municipal de Brasilândia. “Tudo que acontece de positivo em Três Lagoas, reflete para nós. Estamos na expectativa que essas obras retornem, porque além da geração de empregos, o nosso comércio também deve lucrar. Em tempos de crise, será um enorme presente para nossa região”, pontuou o prefeito, Dr. Antônio de Padua Thiago (PMDB).

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Três Lagoas, Antonio Empke, o Tonhão, confirma as expectativas dos três-lagoenses e brasilandenses e afirma que “vai fortalecer não apenas aa economia local, mas de todo o Estado e até do Brasil”.

**(Com informações de Ricardo Ojeda)

O gestor do município de Brasilândia recebeu a reportagem do Perfil News e, entre vários assuntos elencados na entrevista, ele destacou a expectativa positiva da retomada das obras da UFN3 (Foto: Thais Dias)

O prefeito de Brasiländia, Dr Antonio de Pádua Thiago  disse que a expectativa é positiva para seu município (Foto: Thais Dias)

Comentários