O decreto será elaborado pela assessoria jurídica em contará com pontuações da Secretaria Municipal de Saúde e também do Conselho de Pastores, e com a supervisão do Ministério Público Estadual


Dentro de alguns dias, a Prefeitura de Brasilândia publicará um novo decreto municipal para adequar as cerimônias religiosas com afastamento social, obedecendo às medidas preventivas contra o Coronavírus.


A decisão foi definida após a reunião realizada na manhã desta segunda-feira (13), no gabinete do Prefeito, com a presença do Chefe do Poder Executivo, Dr. Antonio Thiago, do Ministério Público Estadual, Dr. Fernando Lanza; do assessor jurídico da Câmara Municipal, Dr. Sérgio Juzenas; do presidente do Conselho de Pastores, Pr. Valmir Alves e demais líderes religiosos da comunidade evangélica, do padre Fábio Oliveira, da Paróquia Cristo Bom Pastor; do comandante do Batalhão da Polícia Militar, Tenente Rocha; dos secretários municipais, José Carlos Soriano (Administração), Adeliza Abrami (Saúde), do chefe de gabinete, Dr. Renato Farias e da coordenadora de Vigilância Sanitária, a médica veterinária Dra. Glaucia Ricci.


A reunião teve como objetivo de esclarecer as medidas que cada líder religioso poderá proceder diante do período da vigência dos decretos municipais, conforme seguem as medidas preventivas contra

 a Covid-19.
O decreto será elaborado pela assessoria jurídica em contará com pontuações da Secretaria Municipal de Saúde e também do Conselho de Pastores, e com a supervisão do Ministério Público Estadual. O documento será publicado em breve. Vale ressaltar que no decreto não determinará reabertura para celebrações religiosas, mas sim, alternativas com as devidas precauções com as realizações de cerimônias por meio de transmissões ao vivo pela internet.

No final da reunião, os líderes religiosos oraram junto com as autoridades do Município de Brasilândia em prol da Saúde de todos os cidadãos brasilandenses em época de pandemia.

Comentários