Em 10 dias número de confirmados na cidade dobrou; em nota, Ministério Público pede que população “intensifique medidas de proteção”

Em documento emitido ontem, o Ministério Público do Mato Grosso do Sul se mostrou preocupado com o número crescente de confirmações de Covid-19 em Três Lagoas.

A preocupação, segundo o órgão, é em relação ao número de leitos de UTI disponíveis no município.

De acordo com a “Nota de Esclarecimento” divulgada neste domingo, 3, “o Ministério Público Estadual, o Ministério Público Federal e o Ministério Público do Trabalho, cumprindo o dever de transparência, vem a público informar e alertar à população de Três Lagoas que o sistema de saúde local ainda não está suficientemente preparado para enfrentar um surto elevado de Covid-19”.

Ainda segundo o documento “mesmo com o esforço do Poder Público, o município conta, atualmente, com apenas 10 leitos de UTIs e 27 leitos clínicos para Covid-19, para atender a Microrregião, que abrange outros municípios além de Três Lagoas”.

O Ministério Público também lista os oito respiradores doados pela Suzano, que não devem ser instalados nas próximas semanas por questões técnicas de configuração e calibração. “Além disso, há previsão de que apenas 25 dos 40 respiradores adquiridos pelo município sejam montados a partir do dia 25 de maio, ou seja, na melhor das hipóteses, somente a partir do mês de junho as UTIs serão ampliadas no município”, afirma a nota.

Outra preocupação do MP é em relação aos equipamentos de proteção individual. “Há também risco de escassez de equipamentos de proteção individual (EPI), em razão da alta demanda, e as equipes de saúde locais já estão com baixas consideráveis nos seus efetivos, devido a contaminação”.

“Seja solidário”

Ao final da nota, o Ministério Público “alerta e conclama” que a população intensifique as medidas de prevenção. “Assim, mantenha o distanciamento social, permaneça em casa o maior tempo possível e, quando houver necessidade de sair, use sempre máscara. Mantenha a distância segura das pessoas e permaneça atento às medidas de higiene recomendadas pela vigilância sanitária. Não faça qualquer tipo de aglomeração, mesmo em casa com familiares e vizinhos. Em qualquer fila, use sempre máscara e respeite a distância entre as pessoas”, diz, no documento. E conclui: “Seja solidário, proteja o próximo e quem você ama!”

Números da Covid-19 em Três Lagoas

Em números divulgados até o final deste domingo, 3, Três Lagoas contava com 65 casos confirmados de Covid-19. O aumento exponencial dos últimos dias tem preocupado, inclusive, a Secretaria de Estado de Saúde, que já anunciou que pode implementar “medidas duras” – inclusive o lockdown – na cidade caso os casos continuem a subir.

Os números de confirmados dobraram em apenas 10 dias e continuam em curva ascendente. Proporcionalmente ao número de habitantes, Três Lagoas tem três vezes mais casos confirmados que a capital, Campo Grande.

Comentários