21/07/2017 08h39

Aprosoja/MS mantém projeção de safra recorde de 9,180 milhões de toneladas e diz que ainda não é possível quantificar eventuais perdas que as geadas desta semana provocaram as lavouras

Redação

Produtores rurais de Mato Grosso do Sul já colheram 12,6% da área cultivada na segunda safra de milho (safrinha ou safra de inverno) no estado. Os dados são de circular técnica do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SIGA), da Associação dos Produtores de Soja local (Aprosoja/MS).

Conforme a entidade, entre as regiões, o norte do estado continua com o trabalho mais acelerado, atingindo o percentual de 18% das lavouras já colhidas. Em contrapartida, o ritmo segue menor no sul, que tem 14% e no centro sul-mato-grossense, onde o percentual é de 4,3%.
No norte, Alcinópolis já colheu quase metade da área cultivada. O percentual, de acordo com o SIGA, atingiu 45%. No sul, os municípios que estão mais adiantados são Aral Moreira e Douradina, com 20% e no centro do estado, Bandeirantes, com 8% de área colhida.

Geada

O analista de grãos da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Sistema Famasul), Leonardo Carlotto, diz que apesar da geada ter sido registrada em alguns municípios do estado nesta semana que ainda não foram contabilizados prejuízos as lavouras.
“Ainda é cedo para falar de perdas porque, devido ao fato do milho estar pronto para ser colhido, os impactos serão mínimos. Em todo caso, até sexta-feira, dia 21, as equipes do SIGA estarão no campo coletando informações sobre as consequências das geadas. Ao que tudo indica, as estimativas de produção da Aprosoja/MS não sofrerão alteração”, explica.
Estimativa

Na nova circular, a entidade manteve as projeções anteriores para o ciclo. Incremento de 3,4% em área cultivada, de 1,74 milhão de hectares para 1,80 milhão de hectares, e crescimento de 45,5% na produtividade, que deve atingir a média de 85 sacas por hectare, o que deve resultar em uma produção de 9,180 milhões de toneladas, 50,5% maior que os 6,098 milhões de toneladas da temporada anterior.

(*) G1.COM

Colheita do milho safrinha avança em Mato Grosso do Sul (Foto: Aprosoja-MS/Divulgação)

Comentários