15/03/2016 15h16 – Atualizado em 15/03/2016 15h16

Protesto nas ruas pode acelerar processo de impeachment de Dilma

Bancada federal acredita na queda da presidente com pressão popular

Da Redação

A bancada federal de Mato Grosso do Sul acredita que é questão de tempo para a presidente Dilma Rousseff (PT) deixar o governo. Até mesmos os representantes de partidos aliados consideraram a manifestação grande e começaram a reavaliar a possibilidade de votar a favor do seu afastamento, caso o nome de Dilma apareça nas investigações da Lava Jato.

A maioria dos parlamentares são da oposição e preveem que ainda essa semana seja aberto o processo de impeachment.

Depois de ouvir a força da voz das ruas, os parlamentares prometem fazer agora a parte deles. “Acredito que na quinta-feira (17) o Supremo Tribunal Federal coloque em pauta os embargos infringentes e veja como vai funcionar o processo de impeachment. Vai ser algo rápido e menos traumático para a população, para que o Brasil retome após esse período tão ruim a legalidade e possamos reconstruir nosso país”, completou o peemedebista.

(*) Correio do Estado

Marun faz parte da linha de frente dos parlamentares em defesa do impeachment. (Foto: Divulgação / Câmara)

Comentários