16/11/2006 14h57 – Atualizado em 16/11/2006 14h57

Terra

O presidente interino no PT, Marco Aurélio Garcia, vai levar ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva as reivindicações do partido pela manutenção do atual espaço na Esplanada dos Ministérios. Antes da reunião, que ocorre nesta quinta-feira, Marco Aurélio conversou com membros da direção do partido que devem acompanhá-lo no encontro.

A pressão dos petistas, vinda principalmente de parlamentares, é pela manutenção do número de ministérios que o partido tem hoje. O PT quer frear também o avanço do PMDB dentro do governo. Os parlamentares petistas temem que, com a nova composição de governo, mais ministérios importantes fiquem na mão do PMDB, como o Ministério da Educação. Os petistas questionam ainda as negociações com o PTB e o PP, partidos envolvidos no escândalo do mensalão. No início do primeiro governo, em 2003, o PT ocupou a maioria das pastas de Lula. Agora, lidera pouco menos da metade e perdeu ministérios de peso como da Saúde e o das Cidades.

Comentários