29/08/2014 16h06 – Atualizado em 29/08/2014 16h06

O judoca campo-grandense Rafael Silva, o “Baby”, busca amanhã uma medalha no Mundial de Chelyabinsk, na Rússia. O lutador brasileiro está entre os favoritos para o título, competindo na categoria pesado (+100 kg)

Da Redação

O judoca campo-grandense Rafael Silva, o “Baby”, busca amanhã uma medalha no Mundial de Chelyabinsk, na Rússia. O lutador brasileiro está entre os favoritos para o título, competindo na categoria pesado (+100 kg).

Seu principal adversário pela medalha de ouro será o judoca francês Teddy Riner, hexacampeão mundial. Na competição do ano passado, o lugar mais alto do pódio escapou para o francês, aumentando a rivalidade entre os dois.

Aos 25 anos, Rafel conta com a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, realizados há dois anos, e a prata no Mundial do ano passado. O judoca chega à competição também como líder do ranking de sua categoria, enquanto Teddy Riner ocupa a quarta posição. “Chegar ao Mundial como primeiro do ranking é bom porque teoricamente pegamos uma chave mais fácil e, por exemplo, eu e o Riner só nos enfrentaríamos numa final”, comenta o judoca.

CAMPANHA

Ontem, os judocas brasileiros não tiveram bons resultados. Victor Pernalber perdeu na respecagem para o russo Ivan Nifontov e terminou sua campanha sem medalha no Mundial. Outra brasileira eliminada foi Mariana Silva, que foi derrotada para a francesa Anne-Laure Bellard.

(*)Com informação de Correio do Estado

Seu principal adversário pela medalha de ouro será o judoca francês Teddy Riner, hexacampeão mundial (Foto: Correio do Estado)

Comentários