08/07/2013 08h14 – Atualizado em 08/07/2013 08h14

Rapaz mata ex-namorada a tiros em Paranaíba por não aceitar fim do namoro

Da Redação

Adrieli Oliveira de Souza, 18 anos, foi morta a tiros na noite de sábado (6) por volta das 22h, em frente a sua residência, na rua Maria Cândida de Freitas, no Santa Lucia; O assassino, um rapaz de 25 anos, não aceitando o término de um namoro de dois anos que tinha com a vítima, após diversas ameaças, efetuou os disparos e está foragido.

Segundo o Boletim de Ocorrências, uma amiga da vítima testemunhou dizendo que ela estava na residência da vítima no momento do crime. Segundo ela, Adrieli namorou durante dois anos com o sujeito, porém, há dois meses romperam o relacionamento. O rapaz nunca aceitou o término do namoro entre eles, passando a perseguir a vítima e sempre a ameaçando de morte.

Na noite do crime, o rapaz telefonou pra vítima dizendo que seu veículo havia estragado, na região do “buteco seco” (área rural), que era pra ela providenciar um transporte pra ele voltar para a cidade. A testemunha disse acreditar que o indivíduo já estava planejando alguma forma de se encontrar com a vítima, para por em prática seu objetivo de matá-la. A testemunha contou ainda que alguns instantes antes do homicídio, o indivíduo ligou para o telefone da vítima, dizendo que estava de frente a casa dela e queria pegar um cartão de memória contendo algumas imagens do casal, no que a vítima disse que pediria pra mãe dela entregar, mas ele insistiu dizendo que era pra ela entregar o cartão.

Em seguida, a vítima saiu falando ao celular com o rapaz, ficando em frente a casa dela por cerca de cinco minutos conversando com ele, aparentemente sem alteração, porém em dado momento, de dentro da casa, pode ser ouvido o barulho dos disparos de arma de fogo. A testemunha e a mãe da vítima saíram para ver o que havia ocorrido, foi quando encontraram a vítima agonizando no chão com algumas perfurações no tórax.

Ainda de acordo com a testemunha, provavelmente o rapaz chegou no local levado por algum amigo dele ou a pé, haja vista que ele possui um veículo pick-up Saveiro que é muito barulhento, sendo que não ouviram o barulho dele chegando e nem saindo.

Na Santa Casa, a polícia recolheu um projétil de arma de fogo na maca onde a vítima estava, provavelmente calibre 38.

O autor dos disparos encontra-se foragido.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil como Homicídio Doloso onde seguem as investigações.

(*) Com informações de Jornal Tribuna Livre

Adrieli namorou durante dois anos com o suspeito (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários