16.3 C
Três Lagoas
quinta-feira, 30 de junho, 2022

RECEITA BRUTA

08/02/2011 22h01 – Atualizado em 08/02/2011 22h01

Márcia Moura terá a sua disposição uma receita orçamentária de R$ 208,2 milhões para esse ano

Desse montante, a prefeitura planeja investir R$ 35,4 milhões, ou 20,11% do bolo total do orçamento

Caldeirão do Bolsão – Ricardo Ojeda

RECEITA BRUTA

A prefeita Márcia Moura terá a sua disposição uma receita orçamentária de R$ 208,2 milhões para esse ano. Enquanto os cálculos das despesas atingem R$ 203,6 milhões para o exercício de 2011. Fazendo as contas existe uma sobra de R$ 4.6 milhões.

RECURSOS EM DOBRO

A administração planeja investir R$ 35,4 milhões, ou 20,11% do bolo total do orçamento. Já para a área de custeio da máquina administrativa a prefeitura reservou R$ 164,2 milhões, o equivalente a 78,89% da peça orçamentária. Em relação ao orçamento do ano anterior a prefeita Márcia Moura dobrou os recursos para pasta do Meio Ambiente.

PASTAS PRIVILEGIADAS

Neste ano, as áreas do município que mais receberão recursos são as da Educação, contemplada com R$ 54,9 milhões, e da Saúde, com R$ 54,5 milhões. Os repasses para a Câmara de Vereadores totalizam R$ 8,3 milhões em 2011. Ou seja, Nuna Viana terá um orçamento mensal na ordem de R$ 691.666,60.

CASA CHEIA

O plenário da Câmara de Vereadores de Três Lagoas ficou lotado de convidados que foram participar da abertura dos trabalhos legislativos de 2011. O presidente Nina Viana (PMD) com aquele vozeirão de locutor de rodeio, saiu-se muito bem na condução dos trabalhos legislativos.

MERCHAND

Até o vice-presidente, Jorginho do Gás (PSDB) deu o ar da graça, quando assumiu o comando dos trabalhos, em substituição ao titular que estava discursando na tribuna. Jorginho não perdeu tempo, faz o seu merchand, fazendo média com a platéia.

NA ESPECTATIVA

Além da prefeita Márcia Moura (PMDB) que castigou a garganta ao ler 22 páginas da mensagem ao Legislativo, o discurso mais esperado era do vereador e ex-presidente, Fernando Milan (PMDB). Era grande a expectativa da platéia.

LENDA

O nobre parlamentar foi o primeiro orador do dia. Sorridente e elegante em sua indumentária, ele buscou inspiração numa narrativa fantasiosa, classificando como “lenda” os comentários, nada abonadores, sobre seu comportamento político num passado não tão distante.

DISCURSO AFINADO

O vereador disse em alto e bom som que nunca, jamais quis prejudicar a administração da prefeita Márcia Moura. Segundo ele, algumas atitudes eram para resguardar as prerrogativas do legislativo.

AFINOU

Olhando diretamente nos olhos da prefeita, Milan prometeu ajudá-la na administração. “Não posso virar as costas para meu PMDB”, bradou. O interessante disso tudo, é que o vereador parece que afinou o discurso depois que teve um encontro com André Puccinelli, com direito a fotos e tudo mais.

MUDANÇA DE COMPORTAMENTO

A platéia esperava um discurso contundente e arrebatador. Felizmente, o teor da oratória foi de conciliação. Principalmente, quando elogiou esfuziantemente a vice-governadora Simone Tebet, deixando a platéia sem entender a repentina mudança de comportamento.

FICÇÃO

Diante da situação, sobrou para os articulistas de jornais e sites. Todos foram tachados de exteriorizar situações irreais e fantasiosas. Como diz o dito popular “Quem conta um conto aumenta um ponto”, as lendas, pelo fato de serem repassadas oralmente de geração a geração, sofrem alterações à medida que vão sendo recontadas. Na ótica do ex-presidente, o que se vê aqui, não cabe argumentação. Tais comentários é fruto de ficção. Ponto final.

FATO HISTÓRICO

Pois bem, devido às articulações do então presidente Fernando Milan, pela primeira vez na história do município a prefeitura ficou sem orçamento para o exercício do ano seguinte. Foi preciso uma sessão extraordinária no inicio do ano para aprovação do orçamento. Isso não é lenda. É fato, aliás, fato histórico.

MÁGOA RECOLHIDA

Falando ainda em Milan, parece que ainda não absorveu a vitória do correligionário Nuna Viana na disputa da presidência da Câmara de Três Lagoas.

NEM AÍ

Na sessão desta terça-feira, que abriu o período de votações ordinárias no Legislativo municipal, Milan, que antecedeu Viana na presidência da Câmara, praticamente ignorou o discurso inaugural do colega de partido. Enquanto Viana falava a um público eclético, entre elas a prefeita Márcia Moura, Milan “era só cochichos” com o vereador Jorginho do Gás.

OLHO NO OLHO

Considerado “rebelde” dentro do governista PMDB, em função de ter dado apoio nas eleições presidenciais ao tucano José Serra, o governador André Puccinelli aguarda uma audiência com a presidente Dilma Roussef, para os próximos dias. Quer tratar da agenda institucional entre seu governo e o da petista.

MISSÃO CALIENTE

O encontro de Puccinelli com Dilma está sendo intermediado pelo vice-presidente Michel Temer, correligionário e amigo de “primeira hora” do governador de MS e encarregado pelo governo da petista de tentar “enquadrar” os peemedebistas oposicionistas.

MÁGOA DE LULA

Indagado, há poucos dias, por Temer, para explicar a certa ojeriza que teria dos petistas, Puccinelli explicou que sua oposição à turma de Dilma se arrefeceu depois que na campanha ao governo de MS, em 2010, Lula esteve no estado e o chamou de “mau caráter”.

LUA DE MEL

A prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura (PMDB), ao que parece, não deverá enfrentar muita resistência, num primeiro momento, na Câmara do município neste início de ano. Pelo menos foi o que se sentiu, nesta terça-feira (8), durante a abertura do período de sessões ordinárias no Legislativo.

POUCA OPOSIÇÃO

Convidada a ler a Mensagem do Executivo na Câmara, Márcia recebeu mais elogios do que cobrança dos vereadores, mesmo daqueles que se comportam como oposicionistas da prefeita.

CAMPANHA ANTECIPADA

Márcia Moura, aliás, foi surpreendida, na sessão desta terça, com o lançamento, por parte de alguns correligionários, de sua candidatura à reeleição. Os afagos partiram do presidente da Câmara, Nuna Viana (PMDB) e do vereador “Tonhão” (PPS), líder de Márcia no Legislativo.

MÁ CONDUTA

Em Três Lagoas, não são apenas os motoristas, motociclistas e ciclistas que andam na contramão das leis de trânsito. Um grande número de pedestres também precisa ser doutrinado sobre como se comportar em vias públicas. Muitos deles frequentemente são flagrados andando em meio às ruas e avenidas, sem se importar com os riscos que correm por conta de tal conduta.

USUÁRIO IGNORADO

A operadora Claro insiste em dar de ombros nas reclamações e direitos de seus usuários em Três Lagoas. Além de deixar celulares mudos na cidade entre domingo e segunda-feira, a operadora sequer distribuiu nota para justificar mais esse blecaute, um dos inúmeros que ocorreram na cidade após o vendaval que danificou uma de suas torres instaladas na área central. É lamentável.

EMPREGO GARANTIDO

O governador André Puccinelli (PMDB) deverá nomear o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), para um posto estratégico em sua administração, assim que o mandato de Trad for concluído, no final de 2012.

PREPARANDO TERRENO

Trad deverá assumir a pasta de Assuntos Institucionais, secretaria que deverá ser ungida para acomodar o prefeito até 2014, quando este pretende, com as bênçãos de Puccinelli, tentar disputar a sucessão do atual governador no comando do Estado.

ESTATÍSTICAS

No ano passado mais de duas mil ocorrências de furtos foram registradas pela delegacia regional de Polícia Civil de Três Lagoas. Este ano, em apenas um mês, 244 furtos foram registrados; entre eles, um caso que chamou a atenção. Em uma fazenda do município, uma ocorrência registrou o furto de 48 cabeças de gado.

NA ESPECTATIVA

Cálculos apontam prejuízos na ordem de R$ 50 mil. O proprietário das reses, que reside em Água Clara torce demasiadamente no sucesso das investigações que está sobre responsabilidade da Delegacia de Investigações Gerais de Três Lagoas e da Polícia Civil de Água Clara

DÚVIDA

Será que as reses viraram churrasco? Se o autor do furto não deu um destino final ao rebanho, pode ser que ainda esteja pastando em outras plagas. É importante disso tudo é que os agentes já estão em ação, investigando minuciosamente. Com certeza, em breve vão levantar a moita dos autores. Quem viver, verá.

FILOSOFANDO

A perfeição da própria conduta consiste em manter cada um a sua dignidade sem prejudicar a liberdade alheia. (Voltaire)

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.