A senadora Simone Tebet disse que não guarda mágoas dos MDB, embora lamentou que o partido a “abandonou” na disputa para a Presidência do Senado

Ricardo Ojeda

NOME FORTE

A senadora disse à imprensa da capital que não pretende disputar o Governo do Estado, prefere ir à reeleição. Disse ainda que o MDB tem nome forte para concorrer ao governo de Mato Grosso do Sul.

SINTONIA

A sintonia entre o executivo municipal e o legislativo de Três Lagoas é algo que há tempo não se via. Uma prova disso é que em menos de uma semana o prefeito Angelo Guerreiro reuniu-se três vezes com os vereadores.

SINTONIZADOS

A primeira ocorreu na sala de reunião da presidência, enquanto a segunda reunião foi no sábado passado durante a apresentação da obra da Feira Central. Por fim, nova reunião ocorreu na manhã desta quinta-feira durante visita na Escola Municipal Fillinto Muller. 

PREPARATIVOS DE SEGURANÇA

Guerreiro foi acompanhando dos secretários de Infraestrutura, Adriano Barreto, e de Educação e Cultura, Angela Brito. Na ocasião ele mostrou o andamento da reforma do estabelecimento de ensino e os preparativos de segurança que estão sendo executados para a volta as aulas da Rede Municipal.

RELAÇÃO

Que eu me lembre há anos não via essa ligação direta do Executivo com o Legislativo. É uma boa relação, onde quem ganha, sem dúvida nenhuma, é a comunidade. Embora pense que oposição deva existir, faz parte do processo democrático.

TEMPOS DE PANDEMIA

Acompanhando a situação econômica de vários municípios brasileiros dá para ver a dimensão que a crise afetou a população devido à pandemia. É desesperador, principalmente o desemprego. Infelizmente não se vislumbra boas perspectivas num futuro próximo.

CENÁRIO POSITIVO

Já em Três Lagoas, graças às indústrias de celulose, o cenário não é tão grave como os demais municípios. Não está mil maravilhas, porém a economia gira normalmente. Além das fábricas de celulose e outros projetos industriais, vários outros segmentos, como a construção civil e a pecuária, ajudam sustentar economicamente o município.

ESTRELA EM ANCENSÃO

Falando em celulose, o Mato Grosso do Sul é uma estrela em ascensão nesse segmento. Exporta bilhões de reais do produto, elevando positivamente a arrecadação.

DESTAQUE PRODUTIVO

O índice de produtividade das plantas de celulose de Três Lagoas é destaque entre as demais fábricas ao redor do mundo. A Eldorado Brasil, por exemplo, é a mais produtiva. Tem capacidade para 1.5 milhão toneladas/ano, mas produz 1.750 milhões de t/a, quase 20% acima da capacidade de projeto.

EMPREGOS E RENDA

Isso sem falar da Suzano que possui duas fábricas batendo o recorde de produção de 3,25 milhões de toneladas de celulose ao ano. Tudo isso contribui para gerar empregos e renda amenizando os impactos econômicos provocado pela pandemia. 

MATÉRIA-PRIMA

Além disso, a Celulose é a matéria-prima que está presente em vários produtos largamente utilizados por ocasião do surto da covid-19, como máscaras cirúrgicas, vestimentas, colchões e até cápsulas de remédios.

PRODUTOS ESSENCIAIS

Os papéis são importantes para receituários e formulários. Os produtos desse segmento industrial são essenciais para enfrentar os desafios impostos pela nova etiqueta social, como papel toalha, fraldas infantis e geriátricas, papel higiênico, lenços umedecidos, detergente, entre outros.

TUDO É CELULOSE

As embalagens também são fundamentais para assegurar novos comportamentos, garantindo que itens essenciais como alimentos, remédios e produtos de limpeza cheguem até aos supermercados e farmácias e depois também às residências pelas compras online nas caixas de papelão ou pelo delivery, como sacos de papel que transportam o que for necessário, comida, remédio e outros produtos.

Comentários