23/03/2018 11h01

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos “Bombeiros do Amanhã” comemora oito anos em Três Lagoas

Programa, que atendia somente meninos, inova com a participação de meninas de nove a 14 anos se transformando em referência de sucesso

Redação

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), em parceria com o comando do 5º Grupamento de Bombeiros Militar (5ºGBM), comemorou oito anos da formação do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) “Bombeiros do Amanhã”, na noite desta quinta-feira (22).

Esteve presente na solenidade representando o prefeito de Três Lagoas, o vice-prefeito Paulo Salomão; a secretária de Assistência Social, Vera Helena Arsioli Pinho; o comandante do 5º GBM, tenente coronel Leandro Arruda; a diretora do Departamento de Proteção Social Básica, Maurelice Nunes dos Santos; e a coordenadora do SCFV “Bombeiros do Amanhã”, Maria Solange Mercante.

A solenidade foi abrilhantada com apresentações musicais da Banda Marcial Cristo Redentor e das crianças participantes do “Bombeiros do Amanhã”, dançando a música “Maculelê”, sob a coreografia do professor e instrutor Rafael Alves Pereira, além da apresentação do vídeo emocionante com a declaração de um dos primeiros alunos a passaram pelo Programa, Ryan Augusto Guimarães Guido, conhecido como Primeiro Tenente Guimarães.

REFERÊNCIA

Para Leandro Arruda, a participação dos pais e da Assistência Social é importantíssima para o sucesso do Programa. “Somos referência no Estado e não é por acaso com essa equipe empenhada em fazer o melhor para as nossas crianças. São oito anos de chão e precisamos valorizar o que conseguimos. Estou aqui há cinco e é emocionante ver a gratificação dos alunos e das famílias em participar deste projeto. Parabéns a todos”, observou o comandante local dos Bombeiros.

O vice-prefeito Paulo Salomão parabenizou a todos os presentes e disse ser um admirador de programas sociais como o Bombeiros do Amanhã. “Na minha época não tinha programas como este. Era estudar e brincar e hoje podemos buscar, por meio de programas como este, ensinamentos como disciplina, lealdade, dever, ajuda ao próximo, tudo que o três-lagoense deve ser e isso as nossas crianças e adolescentes aprendem com instituições sérias como a do Corpo de Bombeiros. Essa é a Três Lagoas que dá certo”, afirmou.

A secretária Vera Helena agradeceu a presença de todos e antes de se pronunciar chamou as coordenadoras das unidades de Centro de Referência de Assistência Social – CRAS da Cidade, que estavam presentes, para parabenizar e agradecer o empenho de todas.

“Hoje, Três Lagoas não tem crianças pedintes nas ruas, graças ao trabalho destas mulheres que se doam para oferecer o melhor às nossas crianças. Nós, como pais e mães, fazemos o nosso trabalho, educando em casa e buscando programas como este para nossos filhos não se perderem nas drogas e no álcool, que estão destruindo nossas famílias. Continuaremos trabalhando para sermos referência no Estado”, explicou.

Para Mel Nunes, “ver o quanto o programa avançou em oito anos e ver que estamos atendendo meninas, por exemplo, me deixa muito feliz. Vemos mães que passaram por aqui ao longo deste tempo agradecendo porque o Programa somou na vida dos filhos e isso é muito gratificante. Fico muito feliz de poder fazer parte desta história”, explicou a diretora.

Para Mariana Fidencio, 32 anos, mãe do aluno Miguel de 11, “este é o primeiro ano do meu filho e já senti diferença no comportamento dele em casa. Ele está mais entusiasmado, mais disciplinado e estou gostando muito dos resultados que ele vem alcançando”, explicou.

Para o casal Vanessa Benete, 39, e Jeverson Marçal de Souza, 45, pais do Lucas Gabriel de 13 anos, “conhecemos o Programa por acaso e em seis anos de participação do nosso filho estamos felizes com os resultados obtidos na escola e em casa. Ele já é 2º sargento e como é o último ano fala até em seguir a profissão de Bombeiro. Essa iniciativa da Prefeitura é ótima e não pode parar, pois é um complemento para a educação da criança”, afirmou.

BOMBEIROS DO AMANHÃ

Com caráter socioeducativo valorizando o convívio e o fortalecimento do vínculo familiar e social, o Programa atende crianças e adolescentes de nove a 14 anos, sendo que este é o primeiro ano em que o programa foi aberto também para meninas.

Este SCFV da SMAS visa colaborar para o resgate da cidadania, auxiliando na construção da própria identidade das crianças e adolescentes, ensinando a gostar de si, resgatando o respeito próprio e formando multiplicadores sobre os atributos de como evitar incêndio e acidentes domésticos.

Atualmente, o Bombeiros do Amanhã atende cerca de 70 integrantes, sendo 35 no período matutino e 35 no período vespertino, com atividades lúdicas, acompanhamento da tarefa escolar, IBM (Instrução Bombeiro Militar), natação, capoeira, judô e futebol.

ONDE FUNCIONA

Avenida Filinto Müller, 3300 – Jardim Morumbi (5º GB-Bombeiro Militar).

QUAL HORÁRIO

De segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

QUEM PODE PARTICIPAR

Crianças e adolescentes nove a 14 anos de ambos os sexos.

*Assessoria

Com caráter socioeducativo valorizando o convívio e o fortalecimento do vínculo familiar e social, o Programa atende crianças e adolescentes de nove a 14 anos, sendo que este é o primeiro ano em que o programa foi aberto também para meninas. (Foto: Divulgação)

Comentários