03/04/2014 12h39 – Atualizado em 03/04/2014 12h39

Nas três edições anteriores, 2010 e 2011 e 2012, o Cine Sesi Cultural teve público total de 200 mil pessoas em 57 municípios

Da Redação

O Cine Sesi, que leva cinema de graça para os moradores das cidades do interior onde não têm salas de exibição de filmes, chega neste fim de semana a Caracol com as exibições dos curtas e longas metragens “Pimenta”, “O Bem-Amado”, “Águas de Romanza”, “Colegas”, “Leonel Pé de Vento” e “Enrolados” na sexta-feira (04/04), sábado (05/04) e domingo (06/04). Na cidade, que será a terceira a receber o Projeto neste ano em Mato Grosso do Sul, a estrutura foi montada na Praça de Eventos, que fica na Rua Libindo Ferreira Leite, em frente à agência dos Correios e nos fundos da Biblioteca da Indústria do Conhecimento do Sesi, no centro da cidade.

Segundo a produtora cultural do Cine Sesi, Carluccia Carazza Gambogi, neste ano serão contemplados 16 municípios: Douradina, Antônio João, Caracol, Porto Murtinho, Jardim, Sete Quedas, Anastácio, Ladário, Sonora, Pedro Gomes, São Gabriel do Oeste, Inocência, Brasilândia, Bataguassu, Coronel Sapucaia e Chapadão do Sul. “Depois de Caracol, vamos deslocar a nossa estrutura para Porto Murtinho, onde nos dias 11, 12 e 13 de abril estaremos desenvolvendo o projeto, enquanto nos dias 25, 26 e 27 de abril vamos para Jardim”, informou.

Nas três edições anteriores, 2010 e 2011 e 2012, o Cine Sesi Cultural teve público total de 200 mil pessoas em 57 municípios. No País todo quase 3 milhões de pessoas de 559 cidades espalhadas por 8 Estados foram beneficiadas, caracterizando-se como um festival de cinema itinerante com a proposta de levar cinema para os municípios que não possuem salas de exibição em funcionamento.

Segundo o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o Cine Sesi é um projeto de responsabilidade social que contribui para divulgar as ações do Sistema Indústria em Mato Grosso do Sul. “Essa ação contribui por levar cultura para todos os municípios do Estado. É mais um fruto da parceria com os prefeitos”, declarou. Para o superintendente do Sesi, Michael Gorski, a continuidade de um projeto que já beneficiou 200 mil pessoas em três edições demonstra a preocupação da entidade com a responsabilidade social. “Por meio do Cine Sesi, estamos mostrando à população do Estado que, além de saúde, educação e cidadania, também podemos levar cultura e lazer para as cidades do Estado”, pontuou.

Carluccia Carazza explica que a estrutura do Cine Sesi conta com tela gigante de 12 metros de altura por 5 metros de largura, 500 cadeiras e projetor de 35 mm instalado dentro do caminhão de onde os filmes serão projetados. “O som possui três vias de 3 mil watts cada e projetor Hi-Light Xenon de 2 mil watts, proporcionando qualidade às exibições”, garantiu, completando que, além da megaestrutura, o público ainda ganha pipoca de graça durante os três dias de exibições de filmes nas cidades beneficiadas.

(*) Com informações de Assecom Fiems

Comentários