28/10/2015 13h28 – Atualizado em 28/10/2015 13h28

Mais 25 projetos de lei com alterações em nomes de ruas começaram a tramitar na Câmara Municipal de Três Lagoas, na sessão de terça-feira (27)

Assessoria

As sugestões são dos vereadores Adão Alves, com 16 propostas, Klebinho, com oito, e Nilo Candido, com uma. Os projetos foram encaminhados para apreciação da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final e anexação dos croquis referentes às vias que terão a denominação alterada.

Com isso, a Câmara dá sequência ao processo de regularização de endereços no município, trocando nomes atualmente identificados como rua A, travessa F ou rua Projetada, por exemplo, ou que existem em duplicidade.
No total, foram identificados mais de 170 endereços que precisarão ser mudados. O processo vem sendo estudado e discutido entre a Câmara e a prefeitura, há algum tempo, porém somente agora os vereadores receberam todas as informações municipais e técnicas para iniciar a apresentação dos projetos de lei, uma vez que cada alteração demanda um projeto específico.

Na mesma sessão, tramitou um projeto que acrescenta dispositivo à lei nº 1955. Esta lei estabelece obrigatoriedade de que 2/3 dos empregos oferecidos por empresas que recebem benefícios fiscais municipais devem ser destinados a moradores de Três Lagoas. O dispositivo acrescentado passaria a exigir que o candidato à vaga de trabalho comprove um ano de moradia na cidade. Esta matéria entrou na Casa a partir de discussões entre sindicatos, trabalhadores e vereadores e ainda está em análise quanto à sua legalidade.

De autoria do vereador Gilmar Garcia, também entrou em tramitação o projeto de lei que cria a Semana de Festividades de Tradições Nordestinas, visando valorizar e preservar a cultura de milhares de migrantes da região Nordeste que moram no município e região.

(*) Assessoria CMTLS

No total 170 endereços que precisarão ser mudados (Foto:Assessoria)

Comentários