Situação é causada devido a uma reforma no local, o que obriga os trabalhadores a se aglomerarem nas instalações

Trabalhadores da unidade 1 do Frigorífico JBS, em Campo Grande, denunciam que a “falta de cuidados da direção da empresa” pode causar uma nova onda de contaminações pelo coronavírus entre os funcionários da empresa.

A denúncia se baseia em fotos e relatos de funcionários, que precisam se aglomerar, especialmente nos vestiários. A aglomeração estaria se dando por conta de reformas que a empresa estaria efetuando nas instalações.

Os funcionários registraram fotos do local e enviaram ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados de Campo Grande.

O presidente da entidade, Vilson Gimenez Gregório, afirmou que já efetuou vários pedidos para a empresa evitar a aglomeração de funcionários. Ele entende que essa reforma deveria ser melhor planejada para evitar não só a aglomeração como também outros problemas aos trabalhadores.

Outro lado

Em nota, a JBS afirmou que “reitera que a proteção e a saúde de seus colaboradores é o seu principal objetivo. A empresa adota um protocolo robusto de controle, prevenção e segurança contra a Covid-19 em todas as suas 135 unidades, em conformidade com a Portaria interministerial nº 19, de 18 de junho de 2020 (ministérios da Saúde, Agricultura e Economia). A Companhia informa que já investiu mais de R$ 250 milhões em medidas, sistemas e processos de contingência de saúde e segurança em todas as suas instalações no Brasil, seguindo orientações de médicos infectologistas especializados e instituições de referência, como o Hospital Albert Einstein.”

E completa: “A empresa reafirma que, desde o início da pandemia tem realizado o afastamento imediato de todos os colaboradores dos grupos de risco ou que apresentem quadro sintomático, conforme os critérios dos órgãos de saúde e recomendação médica.”

Comentários