29/06/2017 08h17

Da Redação

O governo sírio negou nesta quinta-feira (29) que esteja preparando um ataque com armas químicas, como afirmam os Estados Unidos (EUA), e acusou Washington de planejar nova agressão em seu território.

“As alegações dos EUA são nulas e sem efeito. São só um meio para justificar uma nova agressão contra a Síria, com acusações infundadas”, disse, em comunicado, um porta-voz do Ministério do Exterior sírio. e

A Casa Branca alertou, na última segunda-feira (26), sobre “potenciais preparativos” do governo sírio para fazer um novo ataque com armas químicas no país e advertiu que, se isso acontecer, o presidente Baschar Al Assad e as Forças Armadas sírias “pagarão um alto preço”.

(*) Agência Brasil

Comentários