A parceria com o Instituto Ecofuturo e o Papel Pólen® vem atrelada ao compromisso da empresa de incentivo à leitura

A Suzano, referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, reforça o compromisso com o estímulo à leitura, especialmente no período de isolamento social. Durante todo o mês de abril, a companhia disponibilizará, gratuitamente, livros digitais aos 37.000 colaboradores, por meio da iniciativa “Espaço Ecofuturo by Pólen”, realizada em parceria com o Instituto Ecofuturo, organização sem fins lucrativos mantida pela empresa, e com o Papel Pólen®, que compõe seu portfólio de produtos e é o papel específico para livros, pois tem sua tonalidade diferenciada que não reflete luz, trazendo um leitura mais agradável aos leitores.

O projeto que, originalmente, contempla a implantação de bibliotecas e ações de incentivo à leitura dentro das operações da Suzano, foi adaptado nesse momento para continuar contribuindo, mesmo à distância, com o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores. Para isso, neste mês, a companhia está oferecendo uma alternativa digital.

Por meio da plataforma online do “Espaço Ecofuturo by Pólen” – onde os colaboradores já se cadastravam para realizar os empréstimos de livros nos espaços físicos – agora o usuário pode indicar a obra que gostaria de ler no formato digital. Caso o livro já não esteja no acervo, é enviado um link para acesso ao título na Google Play Livros, disponível para computador, Android e IOS. Assim, os colaboradores têm nessa nova “prateleira virtual” milhões de títulos à disposição.

De acordo com Christian Orglmeister, Diretor Executivo de Estratégia, Gente, Comunicação, TI e Digital da Suzano, a ideia de transformar o projeto físico em um espaço também digital vem de encontro a um dos direcionadores da companhia: Gerar e Compartilhar Valor. “Acreditamos que os livros são fundamentais para a formação de cidadãos que poderão contribuir com a transformação positiva da sociedade. A leitura, além de trazer leveza ao cotidiano, estimula a imaginação e a criatividade, e é a porta de acesso ao conhecimento. Esta iniciativa é mais uma forma de apoiarmos nossos colaboradores e seu desenvolvimento, principalmente neste período tão desafiador que estamos vivendo”, ressalta.

Cada “Espaço Ecofuturo By Pólen” implantado conta com acervo de, aproximadamente, 250 livros. As bibliotecas já foram inauguradas no Escritório Central da Suzano, em São Paulo, e na fábrica Rio Verde, na cidade de Suzano. Ao longo do ano, as demais unidades da companhia devem receber o projeto.   

Sobre a Suzano

  A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Sobre o Instituto Ecofuturo

O Instituto Ecofuturo contribui para transformar a sociedade por meio da conservação ambiental e promoção de leitura, integrando livros, pessoas e natureza. Entre as principais iniciativas estão o projeto Biblioteca Comunitária Ecofuturo, com a implantação de mais de 100 bibliotecas no País, e a gestão do Parque das Neblinas, onde são desenvolvidas atividades de educação ambiental, pesquisa científica, ecoturismo, manejo e restauração florestal, e participação comunitária. Organização sem fins lucrativos, fundada em 1999 e mantida pela Suzano, o Instituto atua como articulador entre sociedade civil, poder público e o setor privado. Conheça mais sobre o Ecofuturo em www.ecofuturo.org.br, e acompanhe em www.facebook.com/InstitutoEcofuturowww.youtube.com/institutoecofuturo e www.instagram.com/ecofuturo.

Comentários