06/05/2018 00h11

Redação

O Centro de Monitoramento do Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos (Cemtec) prevê que o fim de semana em Mato Grosso do Sul será quente e muito seco.

A baixa umidade pode ocasionar desconforto e doenças respiratórias. Para evitar esses problemas é importante tomar alguns cuidados.

A superintendente geral de Vigilância em Saúde, Larissa Domingues Castilho de Arruda, explica que a principal preocupação é com a hidratação. “Todos têm que se cuidar. Crianças e idosos podem sofrer mais”, diz.

É preciso tomar muita água. Ela recomenda ainda usar:

soro fisiológico nas narinas;

colírio nos olhos;

umidificar os ambientes – com aparelho umidificador ou panos e toalhas molhadas;

evitar ar-condicionado;

hidratar a pele.

“Também é aconselhável optar por esportes aquáticos, evitar o sol no período das 10h às 16h, e comer frutas, verduras, comida saudável e tomar água de coco”, afirma.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade do ar ideal é acima de 60%. Abaixo de 30%, é considerado estado de atenção e entre 19% e 12%, alerta.

(*) Assessoria de Imprensa do Governo de MS

Comentários