Regras valem a partir da próxima sexta-feira; Comitê se reuniu hoje e endureceu algumas medidas para conter o número de casos positivos da covid-19 na cidade. “Caso aumente o número de casos tomaremos medidas mais duras para que vidas sejam preservadas”, disse o promotor Moises Casarotto

O Comitê de combate à COVID-19 se reuniu na tarde desta segunda-feira (13) por conta da situação que está se agravando devido ao aumento no número de casos de Coronavirus em Três Lagoas.

Comitê se reuniu na tarde de hoje, 13, para discutir as novas regras. Foto: Divulgação

As medidas adotadas pelo comitê entrarão em vigor a partir da próxima sexta-feira (17), após a publicação do decreto. “Caso aumente o número de casos tomaremos medidas mais duras para que vidas sejam preservadas”, afirmou Moises Casarotto, promotor de Justiça do Ministério Público Estadual do Mato Grosso do Sul.

A partir desta sexta-feira (17) o toque de recolher passará a ser a partir das 22h (antes o limite era meia-noite). Bares, lanchonetes, restaurantes e conveniências poderão realizar vendas até às 21h para que as 22h haja o fechamento total do local para o atendimento ao público, mantendo apenas o sistema delivery.

Também foi proibida a realização de apresentações musicais nos estabelecimentos, evitando aglomerações e descumprimento do decreto. Antes estava permitido até três músicos nos locais, mantendo o distanciamento das mesas e número de limite de clientes.

Empresas que possuem mais de 50 colaboradores deverão fazer o uso de termômetro na entrada de expediente, ventando a permanência de funcionários que tenham sintomas gripais e febre.

Mercados e supermercados deverão, obrigatoriamente, medir a temperatura dos clientes na entrada. Além disso, é recomendado que adultos façam as compras sem a presença de crianças.

O Comitê recomenda que crianças não sejam levadas a estabelecimentos comerciais, principalmente mercados, shopping, lotéricas e bancos.

Também acontecerá uma fiscalização da lei que proíbe o uso de narguile em locais públicos, inclusive praça, lagoa e calçadas, evitando a proliferação do vírus.

Comentários