10/01/2013 00h06 – Atualizado em 10/01/2013 00h06

Grupo de mulheres procuraram o Perfil News para denunciar descaso

Por não conseguirem agendar vaga na creche da Vila Haro, grupo de mulheres e algumas crianças passarão a noite dormindo ao relento aguardando a ordem de chegada

Ricardo Ojeda

Nessa quarta-feira, por volta das 23hs30, um grupo de mulheres residentes na Vila Haro procurou ** Perfil News** para denunciar a difícil situação que elas estão passando para conseguir vaga na creche centro de educação infantil, Massumi Otsubo, localizada na rua Rosita de Oliveira Lima.

ORDEM DE CHEGADA

Segundo informou a representante do grupo, uma mulher, mãe de uma criança de 2 anos, que trabalha como diarista. Na tarde de quarta-feira ela foi à creche com intuito de conseguir uma vaga para seu filho. No local uma funcionária informou que as vagas eram limitadas e que para fazer a inscrição, no outro dia, (quinta-feira) era apenas por ordem de chegada.

Diante da situação, a dona de casa perguntou se não era mais fácil deixar agendada uma inscrição, ou mesmo pegar uma ficha para controlar a ordem de chegada para o dia posterior. A resposta da servidora do município foi negativa.

AO RELENTO

Com a negativa, a única solução encontrada foi aguardar durante a noite toda na fila. Inclusive algumas, sem ter onde deixar seus filhos tiveram que providenciar colchões para dormir junto com as crianças na calçada em frente à creche.

Segundo informou a diarista, por volta das 23 horas, havia no local 17 mulheres marcando posição na fila.

Inclusive, uma das trabalhadoras que estava no local, colaborou com o Perfil News, enviando as fotos que ilustram essa reportagem feitas pelo seu aparelho de telefone celular.

Um cartaz instalado em frente do estabelecimento informava a quantidade de vagas disponível: berçário 11, maternal I, 21 vagas, maternal II, 9 vagas e maternal III, 30 vagas. Dessas, a creche dispõem de 25 vagas para meio período.

Em foto feita por celular, enviada por uma leitora do Perfil News mostra três mulheres dividindo o mesmo colchão enquanto aguardam o dia amanhecer para conseguir vaga na creche (Foto: Divulgação)

Imagem desfocada por ter sido captada em aparelho celular de baixa resolução mostra a fila de mulheres que aguardam o dia amanhecer para conseguir vaga na creche da Vila Haro (Foto: Divulgação)

Cartaz instalado no mural da creche informa o número de vagas disponíveis no estabelecimento (Foto: Divulgação)

Comentários