Até que tentamos dar notícia boa, mas é uma bomba atrás da outra

(*) Ricardo Ojeda

TESTARAM POSITIVO

A mais recente que fiquei sabendo é que um grupo expressivo de agente penitenciários, que atua no presídio de Segurança Média de Três Lagoas, testaram positivo para covid-19.

CHEFIA NA ESCALA

Devido a contaminação os agentes foram afastados para tratamento e para suprir a falta de efetivo a chefia e o administrativo vão segurar a barra nos plantões, provavelmente interagindo olho no olho dos presidiários.

VERIFICANDO IN LOCO

Por conta disso e de outros fatores, o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciário, André Santiago virá em breve para Três Lagoas a fim de acompanhar de perto essas questões e levantar outras situações que podem não estar de acordo como manda o protocolo.

DENÚNCIA

Recentemente recebi uma denúncia de um familiar que no presídio alguns internos testaram positivos para covid-19 e o tratamento médico estaria sendo insuficiente. Se procede ou não, cabe a direção do presídio nos informar. A coluna deixa espaço para a manifestação da direção da unidade prisional.  

VÍRUS DEMOCRÁTICO

Esse vírus não escolhe sexo, raça, cor credo, profissão e nem condição social. Ele pega todo mundo. Ontem informei que vários policiais do 2º BPM estavam afastados por terem contraídos o coronavírus. Inclusive um oficial também testou positivo e com isso o efetivo ficou ainda mais reduzido.

BAIXA NA CIVIL

Conversando agora há pouco com o delegado Airton Pereira, um dos mais valentes e destemidos policial que já aportou por essas bandas, ele disse que o efetivo da Polícia Civil de Três Lagoas também sofreu baixa, devido o tal do coronavírus.

ATÉ O DELEGADO

Escrivães, agentes de investigação e até um delegado estão de licença médica para se restabelecerem do vírus. Assim sendo o afastamento compromete o efetivo dos quadros da Polícia Civil.

SAUDADES

Inclusive no final do ano passado, o investigador da Polícia Civil Guilherme de Souza Venâncio, não resistiu e veio a óbito na madrugada de terça-feira, 29 de dezembro. Venâncio era um excelente e admirados policial que deixou muitas saudades.

ESSA É BOMBA!

Parece que hoje é o dia! Quando estava escrevendo essa coluna chegou ao meu conhecimento que o hospital Nossa Senhora Auxiliadora pode ficar desfalcado da equipe médica prestadora de serviços da UTI – Covid.

DIRETORIA NOTIFICADA

Inclusive a direção do estabelecimento hospitalar teria sido notificada através de um ofício extrajudicial datado do dia 31 de março. No ofício duas médicas se posicionaram na linha de frente para representar os demais colegas nas negociações dos honorários dos profissionais.

DEFICIÊNCIAS RELATADAS

As representantes alegam que após diversas reuniões com a direção do Auxiliadora, inclusive registradas no livro ata, foram relatadas as deficiências e necessidades para melhorar os serviços na UTI – Covid.

COMPARE OS HONORÁRIOS

Além disso, foi debatido a questão de honorários dos médicos que estão defasados. Atualmente um médico do Auxiliadora recebe R$ 2.600,00 por plantão de 24 horas, enquanto no UPA, R$ 3.200,00 pelo mesmo período. Se for no Hospital Cassems, o profissional receberá R$ 4.200,00, pelo plantão de 24 horas.

PARTIU, ANDRADINA

Na Santa Casa de Andradina o valor salta para R$ 5 mil que o médico recebe para trabalhar pelo período de 24 horas. Se comparado os valores mostra que o Auxiliadora está com os honorários defasados.

DEBANDADA DE MÉDICOS

Se a defasagem dos honorários não for equacionada, o Auxiliadora poderá sofrer uma debandada de excelentes profissionais. Isso tudo no pior momento que a saúde está passando em decorrência da pandemia.  

MAIS PROBLEMAS

Mas, a direção do Auxiliadora tem mais problemas pela frente, como a contratação de fisioterapeutas, além da qualificação da equipe multidisciplinar.

O PRAZO VENCE NO DOMINGO

O prazo para a diretoria do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora termina próximo domingo, 11 de abril. Se até lá não for apresentada uma proposta que atenda às necessidades da equipe médica, o contrato será rescindido.

RESCISÃO CONTRATUAL

Diante do exposto acima mencionado, resta claro que se não houver remuneração equivalente ao aplicado nos Hospitais locais, ficará impossível a manutenção das atividades da UTI- Covid, fato que induz à rescisão do contrato de prestação de serviços, pois as condições atuais não permitirão a manutenção do grupo e a realização das atividades, finaliza o ofício.

JUSTA REIVINDICAÇÃO

Se já não bastava tudo que está acontecendo, esse com certeza é uma grave situação que deve ser discutida pelas autoridades do município e a direção do hospital. Os médicos que são expostos a um vírus de mais alta letalidade, além de serem alvos de críticas de familiares dos pacientes, merecem uma justa equiparação de honorários.

QUANTO$?

Diante de tudo isso, fica aqui uma pergunta: quanto que o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora recebe de verbas da Prefeitura, do Governo do Estado e do Ministério da Saúde? Alguém sabe dizer?  

VACINAÇÃO BATE RECORDE

Agora uma notícia boa. Conforme publicado na coluna do jornalista Cláudio Humberto, hoje o Brasil bateu recordes da vida na guerra ao coronavirus. Foram mais de 954 mil pessoas vacinadas com a primeira dose e quase 312 mil com a segunda dose, o que levou ao recorde disparado de cerca de 1,26 milhão de pessoas vacinadas, literalmente nesse caso, em apenas 24h.

HOLOFOTE VIRADO

Porém a mídia negativista deu holofotes para os 4.195 óbitos, que tiveram os registros represados devido ao feriadão de Páscoa e o “feriadaço” paulista.

JOGO BRUTO

E a vereadora Sayuri Baez sentiu na pele como o jogo político é bruto. A atuante, porém, impaciente vereadora de primeiro mandato, foi pega de surpresa por uma denúncia de Quebra de Decoro, protagonizada por uma conhecida e polêmica ativista de uma associação de mães de Três Lagoas. (veja no link abaixo)

AÇÃO FISCALIZATÓRIA

Tudo por causa que a vereadora estava exatamente desempenhando a sua função, de fiscalizar os serviços e atendimentos públicos do município. O único exagero que eu acho que a legisladora teria cometido e acredito por inexperiência e não por maldade, foi entrar em uma ala do UPA que havia paciente para fazer uma live.

DIREITO DE IMAGEM

Com isso a vereadora feriu o direito de imagem, não dos servidores que são agentes públicos, mas dos pacientes que estavam internados. Porém a intenção da parlamentar era apenas registrar para comprovar alguns indícios de irregularidades.

AÇÃO TRESLOUCADA

Felizmente a tresloucada ação da ativista social não encontrou eco junto aos demais vereadores e o documento foi arquivado para a tranquilidade geral do legislativo. Fica apenas a lição. Devagar que o santo é de barro.

DIA DO JORNALISTA

Hoje foi comemorado o Dia do Jornalista, embora nada se tenha para comemorar. Somos considerados, a Voz, os Olhos, Ouvidos e a Boca da sociedade, porém, infelizmente as vezes incompreendidos pela própria sociedade.

ALVO E APOIO

Devido a malhação que fui submetido através do protagonismo dos “saradões das academias”, que se portaram como autênticos gladiadores das redes sociais, atacando-me por motivos fúteis, eu recebi apoio de muita gente, pessoas de bem e comprometidas com a sociedade. Agradeço imensamente pelas manifestações de apoio.

MEUS AGRADECIMENTOS!

À colega Aurora Vilalba, externo os mais profundos agradecimentos por ter sido a única da imprensa local mostrar solidariedade. Em um brilhante texto ela disse:

Hoje, dia 07, Dia do Jornalista, quero reiterar o meu apoio e reconhecimento ao colega e pioneiro no jornalismo através da internet, em Três Lagoas. O jornalista Ricardo Ojeda, presta há várias décadas relevantes serviços a nossa sociedade. Trabalha com muito zelo e dedicação, diuturnamente.

Estamos vivendo tempos difíceis e passando por situações inimagináveis. Nesta nova ‘condição’ estamos todos no mesmo nível, ninguém é melhor que ninguém e todos querendo ou não tem que dar sua parcela visando o fim da pandemia. É triste, mas é a realidade atual. Se vai dar certo, não sabemos, mas as medidas indicadas pelos cientistas têm que ser testadas.

Não é o jornalista que elabora Decretos, são autoridades constituídas que estão sendo assessoradas por competentes profissionais da saúde com único objetivo: conter a Covid-19. Parem de nos atacar através das redes sociais, isso nos machuca, revolta, porém seguimos em frente divulgando o real e doloroso momento em Três Lagoas vive e no mundo.

Ricardo Ojeda você tem o nosso apoio. Siga seu trabalho!

Comentários