A comunicação oficial foi divulgada no início da tarde desta quinta-feira no hospital de Araçatuba onde o vereador estava internado

A prefeitura municipal de Castilho, através da assessoria de Comunicação divulgou há pouco informando que foi constatada a morte cerebral do vereador, Juliano Farias Viscovi (MDB).

O vereador, de 36 anos, foi eleito com 249 votos, estava em seu primeiro mandato, foi vítima de um acidente doméstico na madrugada da última terça-feira quando manuseava uma arma de fogo automática, arma disparou atingindo sua cabeça. De acordo informações a pistola estava sem o pente de munição, mas provável que havia uma bala engatilhada e não foi percebida.

O vereador possuía documentação da arma e a mesma foi apreendida pela perícia.

De acordo com a nota da prefeitura, a família atenderá um desejo do vereador e autorizou a doação de todos os órgãos para que sejam salvas muitas outras vidas. Devido os procedimentos protocolares, o corpo deverá ser liberado somente na tarde de sexta-feira, 10.  O velório ocorrerá na Câmara de Vereadores e será restrito para não haver aglomerações.

A Prefeita Fátima Nascimento decretou Luto Oficial por três dias no município de Castilho.

Comentários