11/11/2015 16h40 – Atualizado em 11/11/2015 16h40

Trata-se de dois empreendimentos industriais, com previsão de mais de R$ 7,4 milhões e geração de 60 empregos diretos

Assessoria

Trata-se de dois empreendimentos, que preveem investimentos acima de R$ 7.4 milhões e geração de 60 novos empregos diretos. Ainda foram aprovados 19 projetos de lei que regularizam nomes de ruas.

Trata-se do projeto de lei nº 40, de 22 de maio de 2015, “que autoriza o Poder Executivo a ceder em comodato para posterior doação”, uma área de 15,8 mil m² à empresa Albacolino 3R Transformação de Reciclagem LTDA.

A referida área, nas proximidades da Cerâmica Colinos, no Bairro Vila Piloto I, informou que investirá mais de R$ 2,9 milhões e garante a geração de 45 empregos diretos, na reciclagem de madeira, papel, vidro e ferro.

O segundo projeto de lei, o de número 84, de 5 de agosto de 2015, também aprovado por unanimidade pelos vereadores, autoriza a cessão de área, em torno de mais de 6 mil m², em comodato para posterior doação, à empresa I.F.C. Indústria e Comércio de Condutores Elétricos LTDA.

Essa indústria, já instalada e em produção no Distrito Industrial, no ramo de fabricação de fios, cabos e condutores elétricos isolados, possui projeto de ampliação industrial, com investimentos previstos de R$ 4,5 milhões e geração de 15 novos empregos diretos.

DENOMINAÇÃO DE RUAS

Na mesma sessão plenária da Câmara, foram aprovados também 19 projetos de leis de novas denominações de ruas em vários bairros de Três Lagoas.

A aprovação destes projetos, 16 de autoria do vereador Adão José Alves e três do vereador Nilo Candido, dá continuidade ao processo de regularização da denominação das vias públicas urbanas, iniciado em 2009, numa ação conjunta da Câmara Municipal e Prefeitura de Três Lagoas.

Essa ação engloba o mapeamento de mais de 170 vias públicas que precisavam de revisão da denominação que são, na sua maioria, apenas conhecidas como Rua A, B ou apenas Viela 1, Viela 2 e outras denominações.

Cada vereador ficará encarregado de apresentar sugestão para um bloco de ruas determinado por sorteio. Cada rua terá projeto específico, com currículo da pessoa homenageada, que deverá ter alguma representatividade para o Município.

A reorganização da denominação de ruas deverá facilitar a vida dos três-lagoenses e, principalmente de empresas de entrega de mercadorias e também dos Correios.

(*) Assessoria Câmara Municipal de Três Lagoas

A Câmara Municipal de Três Lagoas, em sessão ordinária realizada na noite desta terça-feira (10), aprovou, por unanimidade, dois projetos de lei encaminhados pelo Executivo (Foto:Assessoria)

Comentários