07/04/2014 17h48 – Atualizado em 07/04/2014 17h48

Vereador solicitou também, instalação de academia e serviço de patrolamento em bairros

Larissa Lima com Assessoria

Durante a última sessão da Câmara Municipal de Três Lagoas, realizada na terça-feira (1), o vereador Apóstolo Ivanildo tratou sobre a violência doméstica contra as mulheres na cidade. Segundo o vereador, os números são preocupantes, fato que exige providências como uma melhor estrutura para a Delegacia de Pronto-Atendimento Comunitário (Depac).

De acordo com Apóstolo Ivanildo, somente no final de semana passado, sete mulheres foram vítimas de violência doméstica. De janeiro a março, foram 35. É válido lembrar que muitas não registram boletim de ocorrência, o que pode fazer com que este número suba.
Ainda de acordo com Ivanildo, o estado de Mato Grosso do Sul é o quinto em maior quantidade de mulheres assassinadas. Neste ano, dez mulheres foram mortas, duas delas em Três Lagoas.

Partindo para os projetos, o vereador sugeriu a Secretaria Municipal de Infraestrutura, a instalação de uma academia ao ar livre na avenida Rafael Haro, entre as ruas Clovis Bevilaqua e Osmar Tácito de Lima, na Vila Haro. A medida visa oferecer um espaço de lazer e saúde aos moradores da Vila Haro.

À Secretaria Municipal de Saúde, com cópia a Prefeita Marcia Moura, foi indicada a instalação de insulfilm na porta de entrada do ESF Santa Rita, para garantir mais conforto aos usuários.

Ivanildo também encaminhou à Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, a solicitação de serviços de patrolamento na rua Manoel Mendes, nos bairros Santa Rita e Jardim Brasília.

Apóstolo Ivanildo apresentou número preocupantes  de casos de violência contra mulher (Foto: Assessoria)

Comentários