24/04/2018 15h57

Com apoio da SEJUVEL, a equipe três-lagoense já se consagrou campeã por duas vezes na competição que reúne várias cidades do interior paulista

Redação

Os participantes do projeto esportivo da Melhor Idade vão mais uma vez defender Três Lagoas e lutar para conquistar o primeiro lugar em campeonato regional. No próximo sábado (28), as equipes de vôlei adaptado irão disputar o campeonato Super Liga em Araçatuba – SP.

O projeto faz parte da Secretaria Municipal de Esportes, Juventude e Lazer (SEJUVEL), e este é o quinto ano consecutivo que o grupo participa desta importante competição, onde, por duas vezes, foi campeão.

A coordenadora do núcleo da Melhor Idade, Sônia Lucia dos Santos, se orgulha do empenho dos idosos e destaca a importância do grupo e das atividades. “Embora pouco valorizado, esses campeonatos têm superado a expectativa de participantes e contribuem muito com a missão dos núcleos de melhor idade nos municípios. Nossa missão está em confraternizar com os idosos, trabalhar a autoestima e qualidade de vida através do esporte”, pontuou Sônia.

Três Lagoas será representada pelas equipes masculina e feminina nas categorias 50, 60 e 70 anos. Anualmente, diversas cidades participam do evento organizado pela Confederação Brasileira de Voleibol Adaptado, com o apoio da Prefeitura Municipal de Araçatuba.

SUPERANDO OBSTÁCULOS

“É através do esporte promovido por este núcleo que estou melhorando minha qualidade de vida e superando problemas de saúde”, esta foi a resposta do empresário Carlos Antonio Rodrigues Jordão, 65 anos, ao ser questionado sobre a importância do grupo da melhor idade.

Há pouco tempo, Carlos sofreu uma endorcardite (inflamação do endocárdio, de origem infecciosa ou reumática) e precisou implantar uma prótese biológica no coração. A recuperação exige extremo cuidado e é demorada. Com isso, a mobilidade da pessoa idosa pode ficar comprometida. Ele descobriu o projeto há cerca de seis meses e tem sentido diferença na sua saúde após praticar o vôlei.

“Esse programa ajuda muito o público da melhor idade, tanto a saúde física quanto a mental. A pessoa sente-se valorizada e começa a superar os empecilhos da idade”, finaliza ele.

VÔLEI ADAPTADO

O vôlei adaptado possui regras semelhantes ao voleibol oficial, porém, com algumas diferenças como, a possibilidade dos jogadores segurarem a bola com as mãos antes de passar para o companheiro ou lançar ao lado adversário. Além disso, não é permitido que os atletas saltem durante os jogos.

(*) Assessoria de Comunicação

Três Lagoas será representada pelas equipes masculina e feminina nas categorias 50, 60 e 70 anos. Anualmente, diversas cidades participam do evento organizado pela Confederação Brasileira de Voleibol Adaptado, com o apoio da Prefeitura Municipal de Araçatuba. (Foto:Assessoria)

Comentários